Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: Brasil poderia se tornar 'vigilante' dos EUA na América Latina

O presidente norte-americano, Donald Trump, referiu a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN. O analista russo Pavel Feldman avaliou a possibilidade de entrada do Brasil na aliança, bem como que papel poderia desempenhar o Brasil no conflito na Venezuela.
Sputnik

Durante a visita oficial do presidente do Brasil Jair Bolsonaro aos EUA, foram discutidos os assuntos internacionais mais importantes, entre eles a cooperação bilateral entre os EUA e o Brasil e a situação na Venezuela.


Uma das declarações mais sensacionais foi a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN, referida pelo presidente dos EUA Donald Trump.

O vice-diretor do Instituto de Estudos Estratégicos e Prognósticos da Universidade Russa da Amizade dos Povos, Pavel Feldman, revelou em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik que os EUA são apenas um dos países da OTAN, há outros países cuja opinião deveria ser levada em conta nesse assunto.

Segundo ele, se o Brasil aderir à OTAN ele vai desempenhar o papel de vigilante d…

Pentágono cogita comprar 12 novos caças de 4ª geração

As Forças Armadas dos EUA planejam comprar 12 caças F-15X de quarta geração por US$ 1,2 bilhão (R$ 4,6 bilhões) em 2020, relata a Bloomberg, citando duas fontes anônimas especializadas.


Sputnik

Essa iniciativa é proveniente do Pentágono, mas especificamente foi avançada sob os auspícios de Patrick Shanahan, subsecretário da Defesa, que em breve substituirá interinamente o atual secretário de Defesa, James Mattis.


F-15 da Força Aérea dos EUA
F-15 Eagle © Sputnik / Anton Denisov

O fato é que a aquisição dos F-15X atende ao desejo de substituir a frota de F-15C – os custos para modernizar esse modelo, que foi descontinuado em 1980, são bastante elevados. Além disso, o F-15X incorpora novos sistemas e sensores.

O F-15X é mais veloz, tem maior alcance e maior capacidade de carga em comparação com o F-35, cuja vantagem é ser um caça furtivo, segundo explica o especialista em aeronaves militares Richard Aboulafia.

Além da capacidade do F-15X de transportar simultaneamente até 22 mísseis ar-ar em uma única missão, o caça também pode voar com 8 mísseis ar-ar juntamente com 28 bombas de alta precisão GBU-39 ou 7 bombas de 900 quilos, detalha o portal The Drive.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas