Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

'Queremos que a Venezuela volte à democracia', diz Bolsonaro a TV dos EUA

Em entrevista à Fox News, o presidente também defendeu o muro para separar EUA do México. Nesta terça, ele vai se encontrar com Donald Trump.
Por G1

O presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista à TV norte-americana na madrugada desta terça-feira (19) que a Venezuela estará no centro das discussões durante o encontro com o presidente dos EUA, Donald Trump, na Casa Branca, nesta tarde.

Ao canal Fox News, Bolsonaro reafirmou que o presidente norte-americano mantém "todas as opções na mesa"em relação à Venezuela. "Nós não podemos falar em todas as possibilidades, mas o que for possível de forma diplomática", disse Bolsonaro, segundo tradutor da emissora.

A entrevista foi ao ar com tradução simultânea, e em alguns trechos não foi possível ouvir o que o presidente respondeu. Bolsonaro disse que o Brasil é o país mais interessado em pôr fim ao governo de Nicolás Maduro.

O presidente afirmou que o governo brasileiro está alinhado ao de Trump. "Hoje temos nova ideologia,…

Qatar receberá primeiros F-15QAs no início de 2021

O primeiro dos 36 caças multifunção Boeing F-15QA encomendados pelo Qatar chegará ao emirado no início de 2021, disse o general-de-brigada Eisa al-Mohannadi, diretor da Força Aérea Qatari (QEAF) ao jornalistas durante uma viagem de imprensa a Al -Udeid Air Base em 26 de novembro.


Poder Aéreo

“As entregas de aeronaves para o Catar começarão no início de 2021 e continuarão até o final de 2022, quando todas as 36 aeronaves estarão no país”, disse a Gen Eisa. A primeira entrega será composta por seis F-15QAs e toda a frota estará totalmente operacional até 2023, acrescentou.

F-15QA da QAEF
F-15QA da QAEF

O F-15QA, a versão qatari do F-15E Advanced Eagle, será conhecido como Ababil na QAEF (Qatar Emiri Air Force) e será baseado em Al-Udeid.

O general Eisa disse que a QAEF selecionou o tipo, pois tem o maior alcance e a maior carga útil da aeronave considerada para o requisito, e que sua razão de subida, velocidade de cruzeiro e velocidade máxima são “de classe mundial”.

Combinadas com as armas disponíveis, essas capacidades permitem à aeronave defender o Catar de ameaças aéreas, terrestres e marítimas, acrescentou, observando também que o tipo é totalmente interoperável com a Força Aérea dos EUA (USAF).

FONTE: Jane’s

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas