Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA entregam armas modernas a forças curdas da Síria, escreve mídia

Os opositores americanos da retirada das tropas dos EUA da Síria entregaram armas modernas às Unidades de Proteção Popular (YPG), escreveu o jornal turco Yeni Akit, citando fontes locais.
Sputnik

A edição destaca que o fornecimento é referente a um grande número de modernos sistemas de mísseis antitanque Javelin e Tow. Supõe-se que os curdos usem essas armas contra tanques turcos, que logo entrarão em Manbij, no norte da Síria.


Segundo a publicação, as forças especiais turcas estão no momento realizando buscas por esses complexos nesta cidade e, devido a isso, a Turquia está atrasando sua operação militar na referida cidade.

Anteriormente, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan havia anunciado que, se os EUA não se retirarem da Síria, Ancara estaria pronta para lançar uma operação no leste do Eufrates, assim como em Manbij, contra as forças de autodefesa dos curdos sírios.

Em meados de dezembro de 2018, o líder americano, Donald Trump, declarou a vitória sobre o grupo de militantes Daesh …

Síria autoriza Iraque a conduzir bombardeios contra terroristas do Daesh

Militares iraquianos realizaram dois ataques aéreos neste mês contra o Daesh no território da Síria, deixando dezenas de terroristas mortos. Eles supostamente usaram inteligência de Damasco para localizar as posições dos terroristas.


Sputnik

O presidente sírio, Bashar Assad, concedeu aos jatos iraquianos uma permissão geral para realizar ataques aéreos contra as posições do Daesh (grupo terrorista autodenominado Estado Islâmico, proibido na Rússia) na Síria, disse uma fonte anônima iraquiana ao RT árabe. Segundo ele, Bagdá agora só precisa enviar um aviso ao governo sírio antes do ataque, mas não precisa esperar por um sinal verde sobre se o alvo em questão pertence à organização terrorista.


Um jato iraquiano modelo Sukhoi Su-25
Sukhoi Su-25 iraquiano © AFP 2018 / AHMAD AL-RUBAYE

A Força Aérea Iraquiana realiza ataques aéreos no território sírio desde 2016, com os mais recentes ocorrendo em 12 de dezembro.

Aviões iraquianos atacaram uma reunião de combatentes do Daesh em al-Susah, no leste da Síria, e seu esconderijo na mesma cidade. Cerca de 44 militantes do Daesh foram mortos como resultado. As forças iraquianas notaram em várias ocasiões que a troca de informações entre o Iraque, o Irã, Moscou e a Síria os ajudou a localizar alvos para seus ataques aéreos.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas