Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA entregam armas modernas a forças curdas da Síria, escreve mídia

Os opositores americanos da retirada das tropas dos EUA da Síria entregaram armas modernas às Unidades de Proteção Popular (YPG), escreveu o jornal turco Yeni Akit, citando fontes locais.
Sputnik

A edição destaca que o fornecimento é referente a um grande número de modernos sistemas de mísseis antitanque Javelin e Tow. Supõe-se que os curdos usem essas armas contra tanques turcos, que logo entrarão em Manbij, no norte da Síria.


Segundo a publicação, as forças especiais turcas estão no momento realizando buscas por esses complexos nesta cidade e, devido a isso, a Turquia está atrasando sua operação militar na referida cidade.

Anteriormente, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan havia anunciado que, se os EUA não se retirarem da Síria, Ancara estaria pronta para lançar uma operação no leste do Eufrates, assim como em Manbij, contra as forças de autodefesa dos curdos sírios.

Em meados de dezembro de 2018, o líder americano, Donald Trump, declarou a vitória sobre o grupo de militantes Daesh …

Turquia pretende comprar 120 caças F-35 dos EUA

Ancara tem intenção de adquirir 120 caças F-35 norte-americanos de quinta geração, declarou o presidente turco Recep Tayyip Erdogan.


Sputnik

"Vamos comprar 120 aeronaves F-35 fabricadas pelos Estados Unidos. Alguns componentes dessas aeronaves são fabricados na Turquia", disse Erdogan em um comício em Istambul transmitido pelo canal NTV.


Caça norte-americano F-35 Lightning II
F-35 Lightning II | CC0

A compra dos caças será realizada no âmbito do programa multinacional de desenvolvimento do F-35 sob a égide dos EUA e ao qual Ancara aderiu em 2002.

Anteriormente, uma transferência dos dois primeiros F-35 à Turquia foi realizada nas instalações da Lockheed Martin em Fort Worth, no estado norte-americano do Texas. No final de outubro, o ministro da Defesa turco, Hulusi Akar, informou que em março de 2019 os EUA entregarão para a Turquia mais dois caças F-35. Um porta-voz do Secretariado da Indústria de Defesa da Turquia disse à Sputnik que as aeronaves entregues a Ancara permanecerão nos Estados Unidos até novembro de 2019 para treinamento dos pilotos turcos.

Previamente, o Congresso dos EUA declarou que pretendia suspender o fornecimento dos caças F-35 à Turquia devidos aos planos de Ancara de adquirir sistemas de defesa antiaérea S-400 da Rússia. Os senadores introduziram no orçamento da defesa uma emenda, segundo a qual o Departamento de Defesa dos EUA deveria elaborar um relatório avaliando potenciais "mudanças significativas" no fornecimento das aeronaves à Turquia. O ministro das Relações Exteriores turco, Mevlut Cavusoglu, observou que Ancara não vê problemas com o fornecimento dos caças F-35.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas