Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA criticam bombardeiros russos na Venezuela: "Nós mandamos navio-hospital"

O coronel Robert Manning, porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, criticou com veemência nesta segunda-feira o envio de bombardeiros russos à Venezuela e citou o envio de navio-hospital à região como exemplo do compromisso de Washington com a região.
EFE

Washington - "O enfoque dos EUA sobre a região difere do enfoque da Rússia. No meio da tragédia, a Rússia envia bombardeiros à Venezuela e nós mandamos um navio-hospital", declarou Manning durante uma entrevista coletiva realizada hoje no Pentágono.


O militar se referia com estas palavras ao USNS Comfort, que partiu em meados de outubro rumo à América Central e à América do Sul para oferecer ajuda sanitária aos milhares de refugiados venezuelanos amparados por diversos países da região.

"Enquanto nós oferecemos ajuda humanitária, a Rússia envia bombardeiros", lamentou Manning em referência ao envio uma esquadrilha de aviões russos, incluindo dois bombardeiros estratégicos T-160, capazes de carregar bomb…

'Vulcão' retorna ao ringue sírio para eliminar terroristas

O lançador múltiplo de foguetes das Forças Armadas da Síria, montado no chassi do veículo blindado BMP-1, volta a participar de ações militares.


Sputnik

Os veículos, fabricados por militares sírios, passaram a ser chamados de "Vulcão", tendo surgido pela primeira vez em 2016. Se antes o veículo blindado possuía canhão e metralhadora, a inovação traz cinco lançadores de projéteis reativos, que são também produzidos na Síria com importação de munições em série de 12 mm.


Reprodução

De acordo com especialistas, o alcance do armamento não é tão grande, ou seja, um pouco mais do que três quilômetros. Em batalhas contra terroristas foi utilizada atualização com oito lançadores de foguetes, que sumiu por um tempo, chegando a presumir que o veículo de esteira teria "se aposentado".

Mas, como se pode ver, um destes veículos voltou com tudo aos campos de batalha. Não dá para excluir a possibilidade de se tratar de um exemplar fabricado há pouco.

O arsenal das Forças Armadas da Síria conta atualmente com um grande número de lançadores de foguetes próprios com chassis de esteira e de rodas. O mais poderoso deles é o Golan-1000 de 500 mm baseado no tanque T-72.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas