Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Acidente de bombardeiro russo deixa avião destruído (VIDEO)

As imagens do acidente do bombardeiro russo Tu-22M3 durante um pouso de emergência em um aeroporto na região de Murmansk foram divulgadas no YouTube.


Sputnik

Segundo o Ministério da Defesa da Rússia, a aeronave sofreu o acidente em 22 de janeiro no decurso de um voo de treinamento, quando realizou uma manobra de pouso forçado devido a condições climáticas adversas.


Tu-22M3
Tupolev Tu-22M3 © flickr.com/ Alan Wilson

Em resultado do acidente o bombardeiro ficou destruído. Três membros da tripulação morreram e um está em estado grave.

A causa do acidente está sendo investigada. O ministério informou que está analisando todas as probabilidades, inclusive uma possível falha técnica da aeronave.

Em 2012, o bombardeiro Tu-22M3 passou por uma reparação total e estava planejada sua modernização.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas