Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Ataque a base do serviço secreto do Afeganistão deixa 12 mortos e 28 feridos

Um ataque dos talibãs a uma base do Diretório Nacional de Segurança do Afeganistão recentemente construída na província de Maidan Wardak, na região central do país, deixou 12 mortos e 28 feridos nesta segunda-feira.


EFE

Cabul - "Recebemos no hospital da província 40 vítimas do ataque, sendo que 12 delas morreram antes de chegar e 28 estão feridas", afirmou em entrevista à Agência Efe o chefe do Departamento de Saúde Pública de Maidan Wardak, Salim Asarkhil.


Soldado afegão em foto de 2018. EFE/ Hedayatullah Amid
Soldado afegão em foto de 2018. EFE/ Hedayatullah Amid

Não há civis entre as vítimas, segundo Asarkhil. Segundo ele, quase todas as pessoas levadas ao hospital eram integrantes das forças de segurança do Afeganistão.

Sardar Bakhtiar, integrante do conselho provincial de Maidan Wardak, informou que o ataque à base do Diretório Nacional de Segurança, principal órgão do setor no país, começou às 7h30 no horário local (1h em Brasília).

"Um primeiro terrorista suicida detonou um carro cheio de explosivo contra a base. A explosão foi seguida de um tiroteio de cerca de 20 minutos depois de vários insurgentes terem entrado no edifício", explicou Bakhtiar à Efe.

A base militar, onde atuam cerca de 150 funcionários da agência de inteligência, fica a menos de dois quilômetros da capital da província, Maidan Shahar.

O porta-voz dos talibãs, Zabihullah Mujahid, reivindicou a autoria do atentado em breve comunicado. Segundo ele, os insurgentes assassinaram "vários soldados e oficiais das forças especiais".

Maidan Wardak, situada ao sul de Cabul, faz divisa com Ghazni e Logar, duas províncias bastante instáveis do país, e tem uma importância estratégica para o governo, já que liga o sul com a região central do Afeganistão.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas