Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Poloneses pedem a Trump ajuda para conseguir indenização da Rússia e Alemanha pela 2ª Guerra

Um auto-proclamado "partido bíblico antiglobalista" pró-EUA e pró-Israel da Polônia, que se autodenomina "Movimento 11 de novembro", criou uma petição no site We the People da Casa Branca pedindo ao presidente Donald Trump ajude a obter "compensação adequada" da Rússia e da Alemanha por danos causados ​​na Segunda Guerra Mundial.
Sputnik

"Os poloneses livres estão apelando para os EUA, o vencedor na Segunda Guerra Mundial e o fiador dos acordos do pós-guerra, para obter ajuda na recuperação das reparações de guerra da Alemanha e da Rússia", diz a petição.


Além de alcançar a "justiça histórica", uma campanha de reparações bem-sucedida desempenharia "um papel fundamental na Polônia, tornando-se um forte aliado dos Estados Unidos diante da ameaça que surge na Europa e na Ásia — um novo Império do Mal".

Falando ao The New American, uma pequena revista de propriedade da John Birch Society, o co-autor e vice-presidente do Movimento 11…

Casa Branca está pensando em atacar Irã?

Oficiais americanos teriam declarado que a equipe de segurança nacional do presidente americano, Donald Trump, pediu ao Pentágono que informasse opções para atacar o Irã.


Sputnik

A solicitação teria surgido depois que um grupo de militantes aliados a Teerã disparou morteiros em direção a uma área de Bagdá, local onde está situada a embaixada dos EUA, segundo declaração dos oficiais americanos ao Wall Street Journal.


Casa Branca em Washington
Casa Branca © Sputnik / Aleksey Agaryshev

Entretanto o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, ao ser questionado por repórteres no Qatar se foi realmente solicitado, recusou-se a comentar o assunto. Pompeo está visitando países do Oriente Médio para conquistar apoio contra o Irã.

No momento, não está claro se as opções foram fornecidas para a Casa Branca, se o presidente Donald Trump sabia da solicitação ou se os planos de atacar o Irã seriam levados a sério na ocasião. Ou seja, ainda não é possível afirmar certamente se o Pentágono enviou qualquer tipo de resposta à Casa Branca.

Perante o caso, o Pentágono afirma que forneceu opções para diversas ameaças ao Pentágono, já o Departamento de Estado dos EUA não comentou o relatório.

Vale ressaltar que as relações entre Irã e EUA estão repletas de confrontos, principalmente após a eleição de Trump e sua decisão de deixar o Tratado INF, impondo severas sanções econômicas ao país.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas