Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

Comando Militar do Sul atua nas enchentes do Rio Grande do Sul

Soldados do Comando Militar do Sul vêm realizando diversas ações com emprego de tropas, viaturas e equipamentos em apoio à Defesa Civil do Estado do RS.


Comunicação CMS | Verde Oliva

Todo esse apoio é voltado para as situações de emergência decretadas nas cidades de Uruguaiana, Quaraí, Alegrete, Rosário do Sul e São Gabriel.


CMS - Comando Militar do Sul atua nas enchentes do RS Foto - CMS

As ações do Exército na região visam minimizar o sofrimento da população das áreas atingidas por fortes chuvas que caem na região desde a semana passada e que causaram o aumento do nível dos Rios Uruguai, Ibirapuitã, Santa Maria e Vacacaí.

Desde o início do emprego da tropa, foram efetuadas inúmeras remoções de famílias que tiveram suas casas alagadas. As atividades desenvolvidas ao longo da semana passada, que se estenderam pelo sábado e domingo e continuam em curso, vão desde a retirada de galhos e troncos das ruas da cidade, passando pela evacuação de bens e pessoas de áreas de risco ou já tomadas pelas águas, retirada de entulhos e fornecimento de água potável até o recolhimento e distribuição de donativos da comunidade aos atingidos.

Até o momento, foram empregados mais de 250 militares que estenderam a mão amiga mais uma vez a quem mais precisa de ajuda em momentos difíceis. Reafirmamos nossa dedicação exclusiva, 24 horas por dia, 7 dias por semana nestas ações, de forma ininterrupta, para que a população Gaúcha esteja acolhida na hora desta calamidade.

O Exército de Caxias tem prontidão permanente em prol da pátria e de seus filhos.

Comentários

Postagens mais visitadas