Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA entregam armas modernas a forças curdas da Síria, escreve mídia

Os opositores americanos da retirada das tropas dos EUA da Síria entregaram armas modernas às Unidades de Proteção Popular (YPG), escreveu o jornal turco Yeni Akit, citando fontes locais.
Sputnik

A edição destaca que o fornecimento é referente a um grande número de modernos sistemas de mísseis antitanque Javelin e Tow. Supõe-se que os curdos usem essas armas contra tanques turcos, que logo entrarão em Manbij, no norte da Síria.


Segundo a publicação, as forças especiais turcas estão no momento realizando buscas por esses complexos nesta cidade e, devido a isso, a Turquia está atrasando sua operação militar na referida cidade.

Anteriormente, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan havia anunciado que, se os EUA não se retirarem da Síria, Ancara estaria pronta para lançar uma operação no leste do Eufrates, assim como em Manbij, contra as forças de autodefesa dos curdos sírios.

Em meados de dezembro de 2018, o líder americano, Donald Trump, declarou a vitória sobre o grupo de militantes Daesh …

Curdos prometem se submeter a Damasco em troca da autonomia

O líder das Unidades de Proteção Popular curdas (YPG) na Síria, Sipan Hemo, ofereceu entregar o controle das terras controladas pelos curdos ao governo sírio em troca da autonomia curda, informou a imprensa neste sábado.


Sputnik

O comandante da milícia curda desembarcou na base russa de Hmeimim no oeste da Síria, dias após o presidente dos Estados Unidos ter anunciado a retirada das tropas do país, informou Asharq al-Awsat.


Membros das Unidades de Proteção do Povo do Curdistão (YPG) monitoram as posições do grupo do Estado Islâmico (Daesh) na cidade síria de Ras al-Ain, perto da fronteira turca em 13 de março de 2015
Curdos do YPG © AFP 2018 / DELIL SOULEIMAN

Hemo então viajou para Damasco para dizer às autoridades sírias que as YPG estariam prontas para abandonar o controle da fronteira sírio-turca. Em seguida, o militar viajou para Moscou, em 29 de dezembro.

Na Rússia, o líder curdo pediu por garantias e sugeriu que Moscou retomasse a discussão de uma proposta de constituição para a Síria, que garantiria o direito de autodeterminação dos curdos.

Logo antes dessa viagem, a cidade de Manbij foi entregue por curdos ao exército sírio, em 28 de dezembro. O evento foi confirmado pelo governo sírio e pelas forças curdas.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas