Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Espanha inicia a construção de novas fragatas F-110 em maio

Uma nova classe de fragatas para a Marinha Espanhola terá a construção iniciada em maio deste ano, confirmou o Ministério da Defesa do país na segunda-feira.


Poder Naval

As cinco novas fragatas serão construídas pelo estaleiro naval espanhol Navantia sob um contrato de 4,3 bilhões de euros (US$ 4,9 bilhões) que foi aprovado pelo Ministério da Defesa em dezembro de 2018.



O primeiro navio da nova classe deverá ser entregue em 2025 e o último, em 2030 ou 2031.

As fragatas F-110 são a próxima geração de navios de superfície de múltiplas missões da Marinha Espanhola. As fragatas verão a introdução de um Sistema de Gerenciamento de Combate evoluído e um novo radar de banda S de estado sólido com o objetivo de promover parcerias entre a indústria dos EUA e da Espanha.

A Lockheed Martin, empresa norte-americana responsável pelo projeto e desenvolvimento do sistema de gerenciamento de combate Aegis, já está trabalhando com a espanhola Indra na integração do novo sistema de radar de banda S de estado sólido desenvolvido para as fragatas F-110.



De acordo com o Ministério da Defesa, as fragatas F-110 irão medir 145 metros de comprimento e deslocar 6.100 toneladas. Eles serão equipados com um canhão principal de 5 polegadas, mísseis Harpoon, lançadores de torpedos, dois canhões de 30 mm e um sistema de lançamento vertical de 16 células (VLS).

As fragatas F-110 substituirão as fragatas da classe “Santa Maria” da Marinha Espanhola que estão em serviço desde 1986.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas