Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

EUA vão desenvolver laser para rastrear e destruir mísseis ainda no ar, revela relatório

Os EUA planejam desenvolver um sistema de laser que possa ser montado em uma plataforma aérea não tripulada para rastrear e destruir mísseis em sua fase de aceleração, revelou o Departamento de Defesa em sua edição de 2019 da Revisão de Defesa de Mísseis, nesta quinta-feira.


Sputnik

"O desenvolvimento de tecnologia laser de alta energia escalável, eficiente e compacta, e integrá-la a uma plataforma aerotransportada, tem o potencial de fornecer uma capacidade rentável futura para destruir mísseis impulsionados no início da trajetória", afirma o relatório.


Resultado de imagem para Demonstrador de Laser de Baixa Potência
Reprodução

Isso beneficiaria avanços tecnológicos anteriores na propagação de feixes e controle de feixes, informou o relatório.

"O Departamento de Defesa está desenvolvendo um Demonstrador de Laser de Baixa Potência para avaliar as tecnologias necessárias para montar um laser em uma plataforma aérea não tripulada para rastrear e destruir mísseis em sua fase de aceleração", acrescentou.

O relatório especifica algumas vantagens da base espacial para sensores. Em particular, ele fornece uma melhor observação do espaço para melhorar o rastreamento e potencialmente direcionar ameaças avançadas, disse.

A nova Revisão de Defesa de Mísseis apresenta uma nova estratégia e postura que definirá o caminho para fortalecer as atuais capacidades de defesa antimísseis dos Estados Unidos e defenderá investimentos urgentes em novos.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas