Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Explosão de carro-bomba deixa ao menos 3 mortos e 5 feridos na Somália

Pelo menos três pessoas morreram e outras cinco ficaram feridas após a explosão nesta terça-feira de um carro-bomba no centro de Mogadíscio, a capital da Somália, confirmaram à Agência Efe fontes policiais.


EFE

Mogadíscio - O veículo foi parado em um posto de controle do serviço de inteligência da Somália no cruzamento de Jubba, muito próximo do centro histórico de Mogadíscio e da prefeitura da cidade, e não chegou a seu alvo ao explodir no local, informou à Efe o policial Mohammed Noor Ali, que estava na região.


EFE/ Said Yusuf Warsame
EFE/ Said Yusuf Warsame

Os serviços de emergência já se encontram no local da explosão, que foi isolado pela polícia.

Mogadíscio é cenário frequente de ataques do grupo jihadista Al Shabab, que é filiado à rede da Al Qaeda e controla parte do território no centro e no sul do país.

O Al Shabab luta para instaurar na Somália um Estado islâmico de corrente wahhabita.

O pior atentado do grupo terrorista em Mogadíscio ocorreu em outubro de 2017 com caminhões-bomba que causaram mais de 500 mortos.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas