Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

F-35 continua com sérios problemas e desaponta até mesmo o Pentágono, aponta relatório

O relatório emitido pelo Pentágono e divulgado pelo portal Bloomberg News aponta que o caça mais caro da história dos EUA continua desapontando pelos seus sérios problemas.


Sputnik

O documento também indica que o caça possui baixa confiabilidade e está longe de alcançar a grande expectativa que foi criada em seu torno, já que a aeronave não consegue reverter sua imagem negativa, tanto durante missões de treinamento quanto em missões de combate.


F-35 da Força Aérea da Noruega
CC BY 2.0 / Forsvarsdepartementet / Caça F-35

O relatório divulgado por Tony Capaccio do portal Bloomberg News lista alguns problemas em torno do caça F-35, ressaltando os mais relevantes deles.

Começando pelo tempo operacional das versões do F-35B adotados pelo Corpo de Fuzileiros dos EUA pode chegar a apenas 2.100 horas, algo muito baixo em comparação ao tempo estimado inicialmente de 8.000 horas.

Um dos pontos mais importantes e que deve ser analisado cuidadosamente está ligado diretamente com a Manutenção e confiabilidade, contudo, a aeronave não consegue alcançar seus objetivos devido aos longos prazos e atrasos, prejudicando sua disponibilidade e elevando as dificuldades em torno do caça.

Além disso, o teste de cibersegurança indicou que diversas vulnerabilidades reveladas nos anos anteriores ainda não foram resolvidas, algo muito preocupante nos dias de hoje.

Outro fator que foi constatado durante o teste dos sistemas de armas de ataque ao solo da Força Aérea dos EUA classificou a precisão do caça como "inaceitável".

Vale observar que o novo relatório surgiu um dia depois que o secretário de Defesa, Patrick Shanahan, anunciou que o F-35 "tem muitas oportunidades para melhorar seu desempenho", referindo-se aparentemente às deficiências da aeronave.

Perante as críticas recebidas, a Lockheed Martin, fabricante do F-35, garantiu que o Pentágono não reduziria sua aquisição dos jatos F-35, mesmo com tantas críticas.

Com relação aos altos custos do F-35, é possível citar que a versão mais em conta do jato é vendida por US$ 90 milhões (R$ 335 milhões) por unidade.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas