Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA vão suspender Tratado INF se Rússia não cumprir acordo, diz vice-secretário de Estado

Os EUA vão suspender suas obrigações no Tratado INF, que trata a respeito armas nucleares de médio alcance, no dia 2 de fevereiro se a Rússia não apresentar provas de que está cumprindo o acordo, disse o vice-secretário de Estado.
Sputnik

Em outubro, o presidente dos EUA anunciou que seu país abandonaria o Tratado INF, assinado pelos Estados Unidos e pela União Soviética em 1987.


Trump argumentou que Moscou estava desenvolvendo mísseis que violam esse pacto.

Em 4 de dezembro, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que Washington suspenderia sua adesão ao INF no prazo de 60 dias se a Rússia não voltasse a cumprir suas obrigações.

No entanto, a Rússia nega categoricamente todas as acusações. O líder russo, Vladimir Putin, declarou que Moscou se opõe à violação do Tratado INF, mas responderá se isso acontecer.

Força Aérea Brasileira contrata Leonardo para suporte logístico aos jatos AMX

O Comando Geral de Apoio da Força Aérea Brasileira (COMGAP) confirmou a Leonardo como fornecedor de serviços de apoio logístico de longo prazo para a frota de aeronaves AMX da Força Aérea Brasileira (FAB).


Poder Aéreo

ROMA — O acordo foi assinado no âmbito do programa da Força Aérea Brasileira para fornecer plena capacidade operacional para a frota AMX nos próximos cinco anos.

Dois A-1B com a primeira e segunda camuflagem adotada pela FAB

O contrato de 58 meses inclui uma gama de serviços, como reparo e revisão de componentes, suporte logístico para gerenciamento de peças sobressalentes, gerenciamento de obsolescência de aeronaves, bem como suporte técnico e de engenharia para a Força Aérea. Todas as atividades serão coordenadas pelo Centro Logístico da Força Aérea Brasileira (CELOG) em colaboração com a Leonardo.

Luiz Amedeo Iozzi da Silva, diretor do Centro de Logística da Força Aérea Brasileira, disse: “Graças ao apoio da Leonardo, a FAB garantiu a capacidade operacional contínua da frota AMX. Estamos convencidos de que a colaboração contínua com a Leonardo aumentará ainda mais a eficiência operacional da frota. Estamos cooperando com a Leonardo desde 2012 e estamos ansiosos para prosseguir até o final do ciclo de vida operacional do tipo. Sem o apoio logístico da Leonardo, tal programa de manutenção seria impossível e, com este acordo, a FAB poderá obter maiores economias para o suporte logístico AMX e reduzir os custos de gerenciamento”.

Placido De Maio, diretor de vendas para a América Latina da Leonardo disse: “Nossa empresa vem contribuindo com o apoio logístico de aeronaves AMX brasileiras e italianas há anos. Estamos orgulhosos que a Força Aérea Brasileira tenha renovado sua confiança em nós. Graças a este acordo, a FAB poderá continuar operando sua frota com alta eficiência ”.

O AMX é um avião de apoio aéreo aproximado desenvolvido nos anos 80 pela então Aeritalia (46,5%) e Aermacchi (23,8%) com a Embraer do Brasil (29,7%). A aeronave AMX entrou em serviço na Itália e no Brasil no final dos anos 80.

FONTE: Leonardo

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas