Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

França faz pedido ao Irã: 'pare todas as atividades com mísseis balísticos'

A França pediu nesta sexta-feira ao Irã que pare imediatamente todas as atividades ligadas a mísseis balísticos que podem transportar armas nucleares, depois que Teerã anunciou que poderia colocar dois satélites em órbita nas próximas semanas.


Sputnik

"A França lembra que o programa de mísseis iranianos não está em conformidade com a Resolução 2231 do Conselho de Segurança da ONU", informou Agnes von der Muhll, porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, a repórteres.


Sistema de defesa antiaérea de mísseis do Irã
© AP Photo / Ministério da Defesa do Irã

"[A França] apela ao Irã para que cesse imediatamente todas as atividades relacionadas a mísseis balísticos destinadas a transportar armas nucleares, incluindo testes usando tecnologia de mísseis balísticos", complementou.

Von der Muhll estava respondendo aos comentários do presidente iraniano Hassan Rouhani na quinta-feira, que disse que dois satélites seriam enviados ao espaço usando mísseis feitos pelo Irã.

Nesta semana, o chanceler iraniano Mohammed Javad Zarif garantiu que o Irã não viola a Resolução 2231 do Conselho de Segurança da ONU ao fazer esses lançamentos.

De 2009 a 2015, o Irã conseguiu colocar quatro satélites em órbitas com a ajuda dos portadores Safir e de 2016 a 2017 realizou dois lançamentos experimentais de operadoras Simorgh.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas