Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

Frota da Rússia recebe nova corveta dotada de mísseis de cruzeiro

Mytischi é o nome da nova corveta do projeto 22800 Karakurt dotada de mísseis de cruzeiro que recentemente foi construída para a Frota do Báltico russa, informa o jornal Izvestia.


Sputnik

De acordo com a edição, o projeto de pequenas e furtivas corvetas (apenas 800 toneladas de deslocamento), mas equipadas com armas poderosas, que incluem 8 lançadores de mísseis de cruzeiro da classe Kalibr-NK, foi lançado em 2015 após o grande sucesso desses navios durante a operação russa contra o Daesh no Oriente Médio.


Mytischi | Reprodução

O projeto 22800 foi desenvolvido pelo escritório de projetos navais Almaz. Estas embarcações, destinadas a levar a cabo missões em zonas marítimas próximas, possuem grande capacidade de manobra e excelente navegabilidade. Além disso, contam com a presença de tecnologias furtivas.

"Os navios do projeto 22800 Karakurt são navios de mísseis pequenos revolucionários nos quais foi possível combinar de forma eficaz todos os melhores avanços e novas tecnologias", diz o capitão do navio, capitão-de-corveta Adil Azimov.


Mytischi | Reprodução

Os novos navios 22800 Karakurt incorporarão uma nova versão do sistema antiaéreo Pantsir, que irá expandir significativamente suas capacidades de defesa antiaérea.

A construção destas corvetas continua ativamente em vários estaleiros russos. Estes navios serão incorporados em todas as frotas do país. A concepção e o casco dos navios usam a chamada tecnologia 'furtiva', que visa reduzir a possibilidade de eles serem detectados por radares inimigos.

Comentários

Postagens mais visitadas