Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Há 45 anos, acontecia o ‘flight zero’ do YF-16

No vídeo abaixo, o piloto Phil Oestricher conta como foi o “flight zero” do protótipo YF-16 que quase acabou em acidente, em 20 de janeiro de 1974.


Poder Aéreo

Durante o teste de táxi em alta velocidade, o piloto de testes da General Dynamics decidiu decolar para evitar a destruição da máquina e aterrissou em segurança seis minutos depois.



O simulador que Oestricher tinha treinado não retratava adequadamente as forças do manche, e ele não soube avaliar quanto de aileron estava comandando. Após a corrida de decolagem, o YF-16 mal podia ser controlado, e Oestricher decidiu que seria mais seguro voar.

O estabilizador horizontal direito foi avariado neste primeiro voo inadvertido do YF-16. Ele foi substituído em cerca de três dias, durante os quais o sistema de controle de voo foi ajustado para compensar os comandos excessivamente sensíveis do manche durante a decolagem.

O piloto de testes e engenheiro Phil Oestricher, a primeira pessoa a pilotar o protótipo YF-16, faleceu em Fort Worth, Texas, no dia 18 de dezembro de 2015, aos 84 anos de idade.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas