Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

Saab oferece o caça Gripen E/F para a Finlândia

Com o apoio da Suécia, a Saab apresentou ontem (30) a sua proposta para o programa de aquisição de caças finlandês HX, à agência finlandesa de aquisição de defesa, o Comando Logístico das Forças de Defesa Finlandesas. 


Poder Aéreo

A proposta é composta por 64 aeronaves Gripen, incluindo tanto o Gripen E (monoposto) quanto o Gripen F (biposto), e é a resposta formal à solicitação de cotação (RFQ, sigla em inglês) do cliente emitida em abril de 2018.

Saab Gripen E
Saab JAS 39E Gripen

A solução oferecida pela Saab apresenta a mais recente tecnologia disponível para um ambiente operacional em constante mudança e muito desafiador.

“As excepcionais capacidades do Gripen são uma combinação perfeita para as necessidades e exigências da Finlândia. Com o Gripen, a Finlândia pode renovar sua frota de caças sem comprometer o número de aeronaves devido a um custo de ciclo de vida verdadeiramente competitivo. Nossa oferta constitui uma contribuição substancial para a capacidade operacional das Forças de Defesa da Finlândia ”, diz Jonas Hjelm, vice-presidente sênior e head da área de negócios Aeronautics da Saab.

Como parte da proposta, a Saab oferece um pacote substancial de armas e sensores, bem como o equipamento necessário e serviços associados necessários para operar o sistema, incluindo um programa de cooperação industrial com o objetivo de criar amplas capacidades nacionais na Finlândia para Segurança de Suprimento. Ela também inclui a transferência de manutenção, reparo e capacidades de reforma para a indústria local, produção de aeronaves e o estabelecimento de um centro de sustentação e desenvolvimento do Gripen na Finlândia.

De acordo com o planejamento do cliente, a decisão de aquisição está prevista para 2021.

O programa Gripen E está progredindo conforme o planejado, com a produção em andamento e entregas para clientes a partir deste ano.

Cinco nações operam atualmente com o Gripen: Suécia, África do Sul, República Tcheca, Hungria e Tailândia. A Suécia e o Brasil encomendaram o Gripen E. Além disso, a Escola de Pilotos de Teste do Império do Reino Unido (ETPS, sigla em inglês) usa o Gripen como plataforma para treinamento de pilotos de teste.

DIVULGAÇÃO: MSLGROUP/Publicis Consultants

Comentários

Postagens mais visitadas