Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Síria diz que pode responder Israel com ataque ao aeroporto de Tel Aviv

O representante permanente da Síria nas Nações Unidas disse que Damasco pode responder ao ataque aéreo de Israel que atingiu a capital síria com um ataque ao aeroporto de Tel Aviv.


Sputnik

Bashar Jaafari disse que era hora de o Conselho de Segurança das Nações Unidas "tomar medidas para impedir ataques israelenses constantes em territórios sírios", acrescentando que Damasco poderia exercer seu direito de autodefesa e responder ao ataque israelense ao aeroporto de Damasco com ataque "simétrico" ao aeroporto de Tel Aviv.


Aeroporto Internacional Ben Gurion de Tel Aviv, Israel
Aeroporto de Tel Aviv © AFP 2018 / Jack Guez

Na madrugada desta segunda-feira (21), Israel lançou bombardeios conta o que chamou de posições iranianas e do governo sírio nos arredores de Damasco e no sul da Síria.

A agência de notícias oficial da Síria, a Sana, informou que a defesa antiaérea conseguiu interceptar e destruir a maioria dos mísseis antes que atingissem seus objetivos.

Comentários

Postagens mais visitadas