Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA vão suspender Tratado INF se Rússia não cumprir acordo, diz vice-secretário de Estado

Os EUA vão suspender suas obrigações no Tratado INF, que trata a respeito armas nucleares de médio alcance, no dia 2 de fevereiro se a Rússia não apresentar provas de que está cumprindo o acordo, disse o vice-secretário de Estado.
Sputnik

Em outubro, o presidente dos EUA anunciou que seu país abandonaria o Tratado INF, assinado pelos Estados Unidos e pela União Soviética em 1987.


Trump argumentou que Moscou estava desenvolvendo mísseis que violam esse pacto.

Em 4 de dezembro, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que Washington suspenderia sua adesão ao INF no prazo de 60 dias se a Rússia não voltasse a cumprir suas obrigações.

No entanto, a Rússia nega categoricamente todas as acusações. O líder russo, Vladimir Putin, declarou que Moscou se opõe à violação do Tratado INF, mas responderá se isso acontecer.

Sistema russo de artilharia autopropulsada quebra recorde de alcance

O novo sistema russo de artilharia autopropulsada Koalitsiya-SV demonstrou um impressionante alcance de tiro durante exercícios militares, informa o portal Russkoe Oruzhie, citando mídias locais.


Sputnik

Como se diz na publicação do portal, o sistema autopropulsado russo pode atingir alvos inimigos a uma distância significativamente maior do que se pensava anteriormente.


Canhão autopropulsado russo Koalitsiya-SV (foto do arquivo)
Koalitsiya-SV © Sputnik / Pavel Lisitsin

"Os alvos podem ser atingidos a uma distância de até 80 quilômetros", indica um especialista militar citado pelo portal.

De acordo com dados previamente publicados, acreditava-se que o sistema autopropulsado Koalitsiya-SV de 152 mm possuía um alcance de 70 km. O novo sistema de artilharia pode funcionar em regime de "barragem de fogo", ou seja, disparos massivos em cadência contínua.

O sistema permite disparar projéteis sob diferentes ângulos de forma a que atinjam simultaneamente o alvo. Como resultado, o inimigo é sujeito a um ataque massivo. Além disso, o sistema possui uma torre que pode ser controlada remotamente através de um sistema de comando e controle unificado.

O sistema autopropulsado é capaz de lançar mais de 11 projéteis por minuto, ressaltando que os projéteis possuem elevada potência e podem ser guiados por satélite, além de possuírem um sistema de pontaria automatizado.

Os especialistas já haviam reconhecido que o Koalitsiya-SV simplesmente não dará ao inimigo uma chance de retaliar. Este sistema supera os análogos dos países da OTAN em alcance e cadência de tiro, sendo capaz de atacar sem entrar na zona de destruição de armas inimigas.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas