Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA entregam armas modernas a forças curdas da Síria, escreve mídia

Os opositores americanos da retirada das tropas dos EUA da Síria entregaram armas modernas às Unidades de Proteção Popular (YPG), escreveu o jornal turco Yeni Akit, citando fontes locais.
Sputnik

A edição destaca que o fornecimento é referente a um grande número de modernos sistemas de mísseis antitanque Javelin e Tow. Supõe-se que os curdos usem essas armas contra tanques turcos, que logo entrarão em Manbij, no norte da Síria.


Segundo a publicação, as forças especiais turcas estão no momento realizando buscas por esses complexos nesta cidade e, devido a isso, a Turquia está atrasando sua operação militar na referida cidade.

Anteriormente, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan havia anunciado que, se os EUA não se retirarem da Síria, Ancara estaria pronta para lançar uma operação no leste do Eufrates, assim como em Manbij, contra as forças de autodefesa dos curdos sírios.

Em meados de dezembro de 2018, o líder americano, Donald Trump, declarou a vitória sobre o grupo de militantes Daesh …

Surgem FOTOS que mostram suposta concentração de forças turcas na fronteira com Síria

Na rede apareceram fotos com o suposto avanço de veículos militares turcos em direção a áreas, perto da fronteira síria, na sua maioria governadas por curdos.


Sputnik

A movimentação pode indicar a suposta preparação de Ancara para iniciar uma operação militar contra as forças da oposição.



Na segunda-feira (31), o correspondente da Sputnik informou sobre a implementação de forças do exército sírio ao longo da fronteira ocidental da região de Manbij, na província de Aleppo. De acordo com uma fonte no local, as tropas foram enviadas para impedir o avanço das forças do Escudo do Eufrates, alinhadas com a Turquia, em direção à cidade de Manbij.


Mais cedo, em 28 de dezembro, o Estado-Maior das Forças Armadas da Síria divulgou um comunicado, segundo o qual o exército sírio, em resposta aos apelos da população, entrou em Manbij, controlado anteriormente pelas formações curdas, e hasteou ali a bandeira síria.


Anteriormente, as forças das Unidades de Proteção Popular (YPG) se dirigiram ao governo sírio pedindo para estabelecer o controle sobre as áreas por eles abandonadas, em particular em Manbij, para protegê-las da invasão turca.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas