Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Fuzileiros Navais do Brasil e dos EUA ratificam acordo de cooperação

Diálogo conversou com o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil (MB) Nélio de Almeida para conhecer detalhes dessa parceria
Por Marcos Ommati | Diálogo Américas | Poder Naval

Criar mais oportunidades de intercâmbio de conhecimento e treinamento combinado entre os Fuzileiros Navais do Brasil e dos Estados Unidos. Este é o objetivo principal de um plano de cinco anos ratificado em fevereiro de 2019 entre os representantes de ambas as forças, o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil Nélio de Almeida, comandante do Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) do Brasil e presidente nacional da Associação de Veteranos desta força, e o Contra-Almirante Michael F. Fahey III, comandante do Corpo de Fuzileiros Navais Sul dos EUA (MARFORSOUTH, em inglês). O C Alte Nélio recebeu Diálogo em seu escritório na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, para dar detalhes do acordo e conversar sobre outros temas de interesse das marinhas do Brasil e de outros países da região e dos E…

Talibã ataca base militar no Afeganistão e deixa 5 mortos

Terroristas do Talibã atacaram uma base militar afegã na província de Kandahar, deixando cinco pessoas mortas e outras seis feridas, informou a imprensa local nesta quarta-feira (2).


Sputnik

Segundo a agência de notícias Pajhwok, o incidente ocorreu na madrugada de quarta-feira quando os terroristas escavaram um túnel até a base e explodiram várias bombas e atacaram as instalações.


Oficiais das Forças Armadas Britânicas Treinando missões Operacionais (OMLT em inglês) juntamente das Forças Armadas Afegãs ou ANA, soldados com armas de fogo, próximo ao compo Bastion, ao sul do Afeganistão, terça-feira, 16 de janeiro de 2007
Militares britânicos e afegãos em treinamento © AP Photo / Manish Swarup

O Talibã afirma que o ataque matou cerca de 30 soldados afegãos.

O Afeganistão está há muito tempo em um estado de turbulência, com o governo lutando contra o movimento radical Talibã, que tem mantido vastos territórios em áreas rurais sob seu controle e regularmente lança ofensivas nas principais cidades do país. A situação foi exacerbada pelas atividades do grupo terrorista Daesh, que opera no Afeganistão desde 2015.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas