Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA entregam armas modernas a forças curdas da Síria, escreve mídia

Os opositores americanos da retirada das tropas dos EUA da Síria entregaram armas modernas às Unidades de Proteção Popular (YPG), escreveu o jornal turco Yeni Akit, citando fontes locais.
Sputnik

A edição destaca que o fornecimento é referente a um grande número de modernos sistemas de mísseis antitanque Javelin e Tow. Supõe-se que os curdos usem essas armas contra tanques turcos, que logo entrarão em Manbij, no norte da Síria.


Segundo a publicação, as forças especiais turcas estão no momento realizando buscas por esses complexos nesta cidade e, devido a isso, a Turquia está atrasando sua operação militar na referida cidade.

Anteriormente, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan havia anunciado que, se os EUA não se retirarem da Síria, Ancara estaria pronta para lançar uma operação no leste do Eufrates, assim como em Manbij, contra as forças de autodefesa dos curdos sírios.

Em meados de dezembro de 2018, o líder americano, Donald Trump, declarou a vitória sobre o grupo de militantes Daesh …

Turquia concentra veículos blindados na fronteira com Síria, diz mídia

A Turquia continua enviando material militar aos destacamentos posicionados na fronteira com a Síria, informou hoje (12) a agência Anadolu.


Sputnik

Segundo a mídia, mais uma coluna de veículos blindados de transporte de pessoal e outros veículos militares chegou à província turca de Hatay, situada na fronteira com a Síria. O equipamento bélico, deslocado de diversas unidades militares, chegou à estação ferroviária de Iskenderun para reforçar os destacamentos posicionados na fronteira síria.


Tanques turcos na fronteira com a Síria (foto de arquivo)
Tanques turcos na fronteira com a Síria © AP Photo / Lefteris Pitarakis

Anteriormente, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan declarou que Ancara estava prestes a começar a operação no leste do rio Eufrates, bem como na cidade síria de Manbij contra a milícias curdas, se os EUA não as retirassem de lá. A agência sublinha as críticas do governo turco em relação ao apoio que os EUA têm prestado às Unidades de Proteção Popular (YPG) na Síria. A Turquia considera o YPG um grupo terrorista.

Posteriormente, Erdogan destacou que decidiu adiar o início da operação militar na Síria após uma conversa telefônica com o presidente norte-americano Donald Trump, depois da qual Trump tomou a decisão de retirar as tropas norte-americanas da Síria.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas