Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

Washington pode conversar com Rússia sobre proteção aos curdos após saída dos EUA da Síria

Os Estados Unidos estão abertos a conversar com a Rússia sobre a necessidade de garantir que as forças curdas não sofram com a retirada das tropas norte-americanas da Síria, disse o conselheiro de segurança nacional, John Bolton, em entrevista nesta sexta-feira.


Sputnik

"Os curdos estão em uma posição muito difícil, e o presidente [Donald Trump], ao falar com o presidente Erdogan, acha que nós, eles eram leais a nós, devemos garantir que eles não sejam prejudicados", disse Bolton prara o programa de rádio de Hugh Hewitt. "Nós conversaríamos com os russos sobre isso também, se for necessário", acrescentou.


John Bolton na OTAN.
John Bolton © Sputnik / Alexey Vitvitsky

Bolton explicou que Trump pediu ao líder turco Recep Tayyip Erdogan para ser particularmente cuidadoso com os curdos que ajudaram os Estados Unidos a combater grupos terroristas na região. A Turquia assumiu tal compromisso, disse Bolton, mas a situação mudou desde então e se tornou mais complicada.

Consequentemente, os Estados Unidos continuam as conversações no nível dos militares com a Turquia e esperam avançar no assunto, acrescentou Bolton.

A entrevista de Bolton aconteceu quase um mês depois de Trump ter declarado a vitória sobre o grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia) na Síria e ter anunciado a retirada das tropas norte-americanas do país.

A administração Trump mais tarde mudou sua abordagem de uma retirada imediata para uma retirada gradual.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas