Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

Washington trabalhará para estabelecer 'novo governo' e 'democracia real' na Venezuela

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, chamou o governo de Nicolás Maduro de "ilegítimo" e acrescentou que os EUA vão trabalhar ativamente para restaurar uma "democracia real" na Venezuela.


Sputnik

"É hora de iniciar a transição ordenada para um novo governo. Apoiamos o apelo da Assembleia Nacional para que todos os venezuelanos trabalhem juntos, pacificamente, para restaurar o governo constitucional e construir um futuro melhor", disse Pompeo citado pelo jornal The Washington Post.


Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo (imagem de arquivo)
Mike Pompeo © flickr.com/ Gage Skidmore

"O governo dos EUA continuará usando todo o poder econômico e diplomático dos Estados Unidos com o objetivo de pressionar com vista à restauração da democracia na Venezuela", acrescentou ele.

Segundo Pompeo, "o regime de Maduro é ilegítimo e os EUA vão continuar a trabalhar diligentemente para restaurar uma democracia real" nesse país.

Em 10 de janeiro, Maduro assumiu o segundo mandato consecutivo como presidente venezuelano. O novo mandato de Maduro foi considerado ilegítimo pela Assembleia Nacional do país, por diversos países da região, nomeadamente pelo Grupo de Lima, exceto o México, pela União Europeia, Canadá e EUA.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas