Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Armamento americano é apreendido em aeroporto da Venezuela

O Ministério do Interior da Venezuela informou através de sua contra no Twitter que no Aeroporto Internacional de Arturo Michelena, situado na cidade venezuelana de Valencia, foi apreendido armamento militar procedente de Miami (EUA).


Sputnik

Segundo as informações publicadas pelo vice-ministro de Prevenção e Segurança Cidadã, Endes Palencia, no dia 5 de fevereiro, as autoridades apreenderam munições de grande calibre, 19 fuzis, 118 carregadores de fuzis, 90 antenas de rádio, quatro porta-fuzis e seis celulares. O armamento foi encontrado em uma zona de armazenamento do aeroporto e, segundo as informações das autoridades, havia chegado ao país no domingo (3) a bordo de um Airbus prefixo N881YV.


© Foto: Twitter/Conta oficial do Governo Bolivariano de Carabobo, liderado por Rafael Lacava

De acordo com as autoridades, "o material seria destinado a grupos criminosos e ações terroristas no país, financiados pela 'extrema-direita fascista' e pelo governo dos EUA, tendo o o vice-ministro anunciado que a Procuradoria Geral recebeu ordem para "continuar com as investigações e encontrar os responsáveis".

As autoridades informaram também que o Governo nacional reforçou o trabalho de segurança nos portos, terminais aéreos, zonas aduaneiras e outros espaços do país para "garantir a independência, soberania e liberdade".

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas