Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Ataque terrorista no Irã teria deixado um militar morto e 5 feridos

Militares do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC) do Irã foram mortos durante um ataque de terroristas no sudeste do Irã, informa a agência de notícias IRNA neste sábado (2).


Sputnik

agência não especificou o número de mortos.

No entanto, segundo a Fars News uma pessoa morreu e cinco ficaram feridas. Os terroristas atacaram o quartel-general do IRGC na cidade de Nik Shahr, na província de Sistão-Baluchestão.

Militares do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (CGRI) marcham durante uma parada militar em homenagem à Guerra Irã-Iraque, de 1980-1988
Militares iranianos © REUTERS / MORTEZA NIKOUBAZL

A agência Mehr informa que o grupo terrorista Jaish ul-Adl, fundado por militantes da organização sunita armada Jundallah que tem ligações à Al-Qaeda (proibida na Rússia), reivindicou a responsabilidade pelo ataque.

O Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica do Irã, criado em abril de 1979 a partir das milícias dos Comitês Revolucionários Islâmicos, apoiantes do líder xiita iraniano aiatolá Khomeini, está sob comando do líder supremo do Irã. O IRGC é composto pelo comando principal, estado-maior conjunto, forças aérea, terrestre e naval e inclui as forças especiais Quds e as forças da milícia nacional Basij.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas