Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares revelam como suas vidas foram destruídas pelo Exército dos EUA

O Twitter oficial do Exército dos EUA realizou uma pesquisa para averiguar como o serviço impactou a vida de seus militares.
Sputnik

Atualmente, mais de 9.000 pessoas já compartilharam suas opiniões. Apesar de constatarem que o serviço no Exército fortalece fisicamente e emocionalmente as pessoas, dando algum sentido às suas vidas e abrindo perspectivas profissionais, há muitos outros comentários com declarações céticas e críticas sobre a influência do Exército dos EUA no mundo, no país e na sua vida pessoal.

Várias pessoas compartilharam histórias de seus familiares que cometeram suicídio, sofreram de transtorno por estresse pós-traumático, passaram por mudanças radicais de caráter e comportamento ou deixaram de ser saudáveis depois de participarem em ações militares dos EUA.

Além disso, há aqueles cujos familiares ou eles próprios foram abusados durante o serviço.

Outros usuários recordaram que os horrores da guerra deixam cicatrizes na mente.

Diversos outros usuários da rede social compa…

Atentado com carro-bomba mata soldados indianos na Caxemira

Autoridades culparam rebeldes que lutam contra o domínio da Índia na região, que é disputada com o Paquistão.


Por G1

Doze soldados indianos foram mortos nesta quinta-feira (14) em um ataque de um carro-bomba a um comboio em uma avenida perto da cidade de Srinagar, na Caxemira indiana, informou a polícia.

Soldado indiano examinam destroços de veículos atingidos por explosão de carro-bomba nesta quinta-feira (14) na Caxemira — Foto: Younis Khaliq/Reuters
Soldado indiano examinam destroços de veículos atingidos por explosão de carro-bomba nesta quinta-feira (14) na Caxemira — Foto: Younis Khaliq/Reuters

As autoridades culparam rebeldes que lutam contra o domínio da Índia. A região da Caxemira é disputada entre a Índia e o Paquistão, e rebeldes lutam contra o controle indiano desde 1989.

"Um artefato explodiu no caminho de um comboio de forças indianas", informou o chefe da polícia, Munir Ahmed Khan. "Há 12 mortos e estamos evacuando os feridos, mas ainda não sabemos quantos são", acrescentou.

O porta-voz afirmou que o ataque ocorreu quando o comboio chegava a Pampore, nos arredores de Srinagar. Um ônibus ficou destruído e outros cinco veículos foram atingidos pela explosão.

Khan disse que soldados e reforços da polícia foram mobilizados para a área e que os feridos foram evacuados para hospitais.

Conflito

A Caxemira foi dividida entre Índia e Paquistão ao fim da colonização britânica. Os dois países reivindicam a totalidade do território, o que provocou duas das três guerras que enfrentaram desde a independência, em 1947.

Grupos rebeldes como o JeM reclamam seja a independência, seja a anexação ao Paquistão, e estão em luta permanente desde 1989 contra meio milhão de soldados indianos mobilizados no território.

Esta guerra deixou em quase 30 anos dezenas de milhares de mortos, principalmente civis.

Em 2017, ao menos 206 supostos ativistas, 78 membros das forças de segurança indianas e 57 civis morreram na Caxemira, no que foi o ano mais mortal em uma década na região.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas