Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump reconhece soberania de Israel sobre Colinas de Golã

Ao lado de Netanyahu, presidente dos EUA contradiz décadas de política externa e reconhece a soberania de Israel sobre o território, ocupado em 1967 e anexado em 1981. Síria vê ataque a sua integridade territorial.
Deutsch Welle

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu formalmente nesta segunda-feira (25/03) a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã, um território disputado com a Síria e que Israel anexou em 1981.

O governo do presidente sírio, Basahr al-Assad, respondeu de imediato e afirmou que a decisão é um ataque à soberania e à integridade territorial da Síria.

O decreto de reconhecimento foi assinado no início de um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Washington. Trump justificou a medida com as "ações agressivas" do Irã e de grupos "terroristas" contra Israel.

Netanyahu disse que se trata de um dia histórico e que Trump é o melhor amigo que Israel já teve.

Em Israel, o reconhecimento pode significar um forte i…

Capacidade furtiva de submarino russo é destacada por mídia dos EUA

O segundo submarino da classe Lada foi lançado e deve passar por uma série de testes em 2019, conforme o comandante-chefe da Marinha da Rússia, Vladimir Korolyov.


Sputnik

"A produção em série de submarinos não nucleares da classe Lada continua. Este ano, o segundo submarino não nuclear da classe Lada, Kronstadt, que foi lançado em setembro de 2018, irá começar os testes", anunciou Korolyov.


Reprodução

Durante seu lançamento, o diretor da Corporação Unida de Construção Naval, Viktor Chirkov, afirmou que o novo submarino permitirá executar as ordens do presidente sobre a construção de uma frota de submarinos moderna".

Sublinha-se o fato de a embarcação ser praticamente imperceptível, graças à sua "invisibilidade", conforme a revista The National Interest.

As principais mudanças no novo submarino russo estão relacionadas à melhoria das capacidades furtivas e ao novo sonar, além disso, o submarino contará com mísseis de cruzeiro 3M-54 Kalibr que, por sinal, são totalmente compatíveis com as atuais embarcações da classe Kilo.

O submarino do projeto 677 possui um sistema de Propulsão Independente do Ar (AIP), que faz com que o submarino emita um ruído menor que os da classe Kilo, além de ter um deslocamento reduzido em aproximadamente 25%.

O submarino Kronstadt mede 66,8 m de comprimento e 7,1 m de boca, possuindo uma autonomia de 45 dias e uma tripulação de 35 efetivos, além de ser capaz de imergir até 300 metros com uma velocidade de aproximadamente 21 nós debaixo d'água.

O projeto 677 se destina a combater alvos de superfície e subaquáticos nas áreas designadas, atingir alvos em terra e manter uma linha de defesa antissubmarino. Ele também contará com seis lançadores de torpedos de 533 mm e um moderno sistema de gerenciamento de combate.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas