Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Fuzileiros Navais do Brasil e dos EUA ratificam acordo de cooperação

Diálogo conversou com o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil (MB) Nélio de Almeida para conhecer detalhes dessa parceria
Por Marcos Ommati | Diálogo Américas | Poder Naval

Criar mais oportunidades de intercâmbio de conhecimento e treinamento combinado entre os Fuzileiros Navais do Brasil e dos Estados Unidos. Este é o objetivo principal de um plano de cinco anos ratificado em fevereiro de 2019 entre os representantes de ambas as forças, o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil Nélio de Almeida, comandante do Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) do Brasil e presidente nacional da Associação de Veteranos desta força, e o Contra-Almirante Michael F. Fahey III, comandante do Corpo de Fuzileiros Navais Sul dos EUA (MARFORSOUTH, em inglês). O C Alte Nélio recebeu Diálogo em seu escritório na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, para dar detalhes do acordo e conversar sobre outros temas de interesse das marinhas do Brasil e de outros países da região e dos E…

Destróier dos EUA Donald Cook chega ao porto ucraniano de Odessa (VÍDEO)

O destróier norte-americano USS Donald Cook entrou no porto ucraniano de Odessa com a finalidade de tomar parte em manobras navais conjuntas com a Marinha da Ucrânia.


Sputnik

Segundo comunica o portal Dumskaya, o navio tem estadia planejada nesse porto até 27 de fevereiro. Na Internet já apareceram várias imagens do navio recém-chegado.


O destróier de mísseis guiados USS Donald Cook (DDG-75) da classe Arleigh Burke em Odessa

O destróier americano em questão se encontra nas águas do mar Negro desde 19 de fevereiro. De acordo com a declaração oficial do Comando da Sexta Frota da Marinha estadunidense, o navio está efetuando uma "operação para garantir a segurança no mar".

A tripulação do navio já participou de manobras com a fragata turca TCG Faith. Ademais, planeja-se organizar treinamentos semelhantes com navios da Marinha ucraniana.

Vale destacar que esta é já a segunda passagem do destróier pelo mar Negro neste ano. No fim de janeiro, o USS Donald Cook passou cinco dias no porto de Batumi, Geórgia.

No entanto, a Marinha da Rússia está vigiando com atenção as ações do navio militar estadunidense.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas