Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Fuzileiros Navais do Brasil e dos EUA ratificam acordo de cooperação

Diálogo conversou com o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil (MB) Nélio de Almeida para conhecer detalhes dessa parceria
Por Marcos Ommati | Diálogo Américas | Poder Naval

Criar mais oportunidades de intercâmbio de conhecimento e treinamento combinado entre os Fuzileiros Navais do Brasil e dos Estados Unidos. Este é o objetivo principal de um plano de cinco anos ratificado em fevereiro de 2019 entre os representantes de ambas as forças, o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil Nélio de Almeida, comandante do Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) do Brasil e presidente nacional da Associação de Veteranos desta força, e o Contra-Almirante Michael F. Fahey III, comandante do Corpo de Fuzileiros Navais Sul dos EUA (MARFORSOUTH, em inglês). O C Alte Nélio recebeu Diálogo em seu escritório na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, para dar detalhes do acordo e conversar sobre outros temas de interesse das marinhas do Brasil e de outros países da região e dos E…

Emirados Árabes fecham compras milionárias de equipamentos militares da Rússia e dos EUA

Os Emirados Árabes Unidos assinaram um contrato, no valor de cerca de US$ 40 milhões, para comprar sistemas de mísseis antitanque Kornet-E da Rússia, informou neste domingo o general Mohammed Al Hassani, representante das Forças Armadas do país.


Sputnik

O contrato foi assinado durante a Exposição Internacional de Defesa e Conferência IDEX 2019, que começou em Abu Dhabi no início do dia e vai até 21 de fevereiro.


Sistema portátil de mísseis antitanque russo Kornet-E (foto de arquivo)
Míssil russo Kornet-E | CC BY 4.0 / Ministério da Defesa da Federação da Rússia / Корнет (cropped image)

"Um contrato foi assinado com a empresa russa JSC KBP Instrument Design Bureau [indústria de defesa] para comprar sistemas Kornet-E no valor de 146,92 milhões de dirhams", declarou Hassani a repórteres.

Segundo os organizadores, durante o primeiro dia da exposição, as Forças Armadas dos Emirados Árabes Unidos assinaram vários contratos com empresas locais e estrangeiras no valor de mais de 4 bilhões de dirhams no total.

Em outra aquisição, o país árabe fechou um acordo para comprar o sistema de defesa aérea Patriot da fabricante de armas norte-americana Raytheon, no valor de US$ 354 milhões.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas