Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Encontrados destroços do 1º navio que Japão perdeu na Segunda Guerra Mundial

Os destroços do Hiei, navio de linha japonês de classe Kongo, afundado pelos EUA durante a Segunda Guerra Mundial, foram descobertos no oceano Pacífico, perto das Ilhas Salomão, de acordo com o The Japan Times.


Sputnik

A embarcação, afundada em 14 de novembro de 1942, foi encontrada pelos tripulantes do navio de investigação RV Petrel. Segundo escreveu a equipe de investigações em sua conta no Facebook, um dia antes daquela data, em 13 de novembro, o Hiei "foi atingido por um projétil" disparado pelo cruzador USS San Francisco, que "desativou o sistema de direção". 


A imagem pode conter: céu, atividades ao ar livre e água
Hiei | Reprodução

Durante as 24 horas seguintes, acrescentou a equipe, o navio foi atacado por múltiplos torpedos e bombardeiros B-17.


A imagem pode conter: noite e atividades ao ar livre
Hiei | Reprodução

"O Hiei se afundou em algum momento da madrugada, ao ter perdido 188 membros de sua tripulação. O Hiei se encontra virado para baixo a uma profundidade de mais de 900 metros ao noroeste da ilha de Savo". 


A imagem pode conter: noite e atividades ao ar livre
Hiei | Reprodução

O RV Petrel publicou também imagens dos destroços do navio afundado. Trata-se da primeira embarcação que o Japão perdeu durante a guerra, segundo a edição. Especialistas encontraram sua parte traseira, de 150 metros de largura, porém, a proa da embarcação ainda não foi encontrada.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas