Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

EUA manterão 200 soldados na Síria após retirada das tropas

Cerca de 200 soldados dos Estados Unidos permanecerão na Síria depois que as tropas de Washington deixarem o país, afirmou a secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Sanders, em comunicado nesta quinta-feira (21).


Sputnik

"Um pequeno grupo de manutenção da paz de cerca de 200 pessoas permanecerá na Síria por um período de tempo", disse Sanders, de acordo com a CBS.


Resultado de imagem para Sarah Sanders
Sarah Sanders | Reprodução

Mais cedo, a Casa Branca disse que o presidente Donald Trump e o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, conversaram por telefone sobre uma possível criação de uma zona segura no norte da Síria.

Além disso, altos funcionários do Departamento de Defesa dos EUA receberão seus colegas turcos nesta semana para conversas sobre o conflito na Síria, segundo a Casa Branca.

Trump anunciou em dezembro que os Estados Unidos deixariam a Síria. No entanto, nenhum cronograma exato para o retorno dos 2 mil soldados foi anunciado.

As tropas dos EUA operam na Síria como parte de uma coalizão internacional há cerca de cinco anos sem a permissão das autoridades sírias ou do Conselho de Segurança da ONU. Os Estados Unidos apoiaram, em particular, a milícia curda que controla os territórios a leste do Eufrates e se opõe ao governo sírio.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas