Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

General dos EUA indica quanto falta para exterminar Daesh da Síria

Nesta terça-feira (5), o chefe do Comando Central dos EUA, general Joseph Votel, em audiência no Senado, declarou quanto falta para exterminar Daesh da Síria.


Sputnik

Menos de 52 km² estão sendo controlados por terroristas do Daesh (organização proibida na Rússia e em muitos outros países) na Síria, e eles serão libertos antes da saída das tropas dos EUA do país árabe, declarou Votel.


Resultado de imagem para Joseph Votel
Joseph Votel | Reprodução

"Um território de 43 mil milhas quadradas [88 mil km²], que já foi um dia controlado por eles, agora diminuiu para menos de 20 milhas quadradas [52 km²]", afirmou o general no Senado dos EUA.

Votel está confiante que o que restou nas mãos dos terroristas será liberto até saída das tropas militares norte-americanas da Síria. "Eu acredito nisso", respondeu a uma pergunta relevante.

A Síria enfrenta uma guerra civil desde 2011. As forças governamentais estão em conflito com numerosos grupos de oposição, militantes e organizações terroristas. Desde 2014, os EUA e seus aliados realizaram uma operação contra os terroristas do Daesh (organização terrorista proibida em vários países incluindo a Rússia) na Síria.

Porém, eles operam no país árabe sem permissão das autoridades locais. Em dezembro de 2018, o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou que as tropas dos EUA seriam retiradas da Síria em conexão com a vitória sobre a organização terrorista.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas