Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

General dos EUA indica quanto falta para exterminar Daesh da Síria

Nesta terça-feira (5), o chefe do Comando Central dos EUA, general Joseph Votel, em audiência no Senado, declarou quanto falta para exterminar Daesh da Síria.


Sputnik

Menos de 52 km² estão sendo controlados por terroristas do Daesh (organização proibida na Rússia e em muitos outros países) na Síria, e eles serão libertos antes da saída das tropas dos EUA do país árabe, declarou Votel.


Resultado de imagem para Joseph Votel
Joseph Votel | Reprodução

"Um território de 43 mil milhas quadradas [88 mil km²], que já foi um dia controlado por eles, agora diminuiu para menos de 20 milhas quadradas [52 km²]", afirmou o general no Senado dos EUA.

Votel está confiante que o que restou nas mãos dos terroristas será liberto até saída das tropas militares norte-americanas da Síria. "Eu acredito nisso", respondeu a uma pergunta relevante.

A Síria enfrenta uma guerra civil desde 2011. As forças governamentais estão em conflito com numerosos grupos de oposição, militantes e organizações terroristas. Desde 2014, os EUA e seus aliados realizaram uma operação contra os terroristas do Daesh (organização terrorista proibida em vários países incluindo a Rússia) na Síria.

Porém, eles operam no país árabe sem permissão das autoridades locais. Em dezembro de 2018, o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou que as tropas dos EUA seriam retiradas da Síria em conexão com a vitória sobre a organização terrorista.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas