Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Helicóptero militar da Venezuela cai durante manobras; 5 feridos

No dia 4 de fevereiro, um helicóptero das Forças Armadas venezuelanas caiu no estado de Cojedes, deixando cinco efetivos feridos, escreve Venezuela al Dia.


Sputnik

Segundo a edição, a queda ocorreu durante exercícios militares, que estão sendo realizados no país latino-americano contra a "intervenção norte-americana". Todavia, não se sabe o motivo do acidente.


Queda de helicóptero MI 35 da Aviação das Forças Armadas venezuelanas foi registrada na última segunda-feira (4) em El Pao, no estado de Cojedes. Reportaram cinco feridos no acidente, todos com vários traumas

Imediatamente após a queda, foi prestada assistência médica às vítimas. Os militares do helicóptero foram diagnosticados com vários ferimentos na cabeça, bem como lesões no peito e no abdômen.

Agora nada ameaça suas vidas, adiciona a mídia venezuelana. As Forças Armadas da Venezuela ainda não comentaram o que aconteceu.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas