Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Interesse do Paquistão pelo caça furtivo chinês J-31 preocupa a Índia

O Paquistão está interessado no caça furtivo Shenyang J-31 (FC-31) da China, aeronave de quinta geração bimotor revelada no airshow de Zhuhai.


Poder Aéreo

Informes dizem que a Força Aérea do Paquistão tem interesse em adquirir de até 30 a 40 caças Shenyang J-31.

Shenyang J-31
Shenyang J-31

A Índia, que só terá seus caças furtivos provavelmente na próxima década, está preocupada se tal aquisição vier a se concretizar.

As nações que enfrentam restrições de exportação dos EUA ou não podem arcar com os custos do Lockheed Martin F-35 poderão adquirir o J-31, um caça furtivo mais barato, acessível a países com baixo orçamento.

Se a China vier a exportar esses caças furtivos de 5ª geração para o Paquistão, isso certamente trará muitos desafios para a Índia, que teve problemas com a Rússia no desenvolvimento do FGFA, baseado no PAK FA, agora Su-57.

O J-31 é um caça menor que o Chengdu J-20, parecendo um F-35 bimotor. Ele possui duas baias de armas internas para transportar mísseis de médio ou longo alcance, bombas e outras armas ar-superfície.

Foi revelado mais recentemente que a China estaria desenvolvendo uma versão embarcada em porta-aviões do J-31/FC-31 para equipar os futuros porta-aviões chineses com catapultas eletromagnéticas.

Comentários

Tento imaginar como seria bom ter uns desses por aqui.

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas