Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Israel inicia construção de novo muro na fronteira com Faixa de Gaza

Israel começou a construção da nova "barreira terrestre" ao longo da fronteira com a Faixa de Gaza para se defender da penetração de "terroristas" palestinos, comunicou o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu.


Sputnik

O jornal local Jerusalem Post escreve que o muro de concreto de 6 metros de altura substituirá a vedação de rede de metal, que se mostrou vulnerável durante as tentativas regulares de ruptura.


Resultado de imagem para muro faixa de gaza
Muro israelense na Faixa de Gaza | Reprodução

"No fim de semana começamos a construir a barreira terrestre ao longo da fronteira com a Faixa de Gaza. Ela impedirá os terroristas de penetrar no nosso território a partir de Gaza por via terrestre", disse Netanyahu no encontro de ministros no domingo (3).

Segundo o jornal, apenas no domingo os policiais detiveram, no lado israelense, cinco habitantes do enclave palestino. Estes fogem frequentemente para Israel em busca de trabalho.

Além disso, o ministro advertiu o movimento Hamas, que está no poder na Faixa de Gaza, de tentativas de escalação da situação na fronteira.

"Se a situação na Faixa de Gaza não se mantiver calma, nós tomaremos decisões mesmo no período pré-eleitoral e atuaremos sem demora", declarou Netanyahu.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas