Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares juntam-se à polícia em protesto dos "coletes amarelos". Há 31 detidos

Os militares da operação antiterrorista "Sentinela" foram mobilizados para proteger as principais instituições francesas. Ao final da manhã, os coletes amarelos eram ainda em pequeno número na capital e quase invisíveis entre a população.
Diário de Notícias

As forças armadas francesas juntaram-se à polícia, este sábado, em Paris, para enfrentar o 19º fim de semana consecutivo de protestos dos coletes amarelos contra o governo do presidente Emmanuel Macron. Ao final da manhã, com os locais habituais de manifestação interditos e o reforço militar junto às principais instituições francesas, os "coletes amarelos" passavam quase despercebidos entre turistas e parisienses.

Segundo a Reuters, o governo francês decidiu mobilizar os militares da operação antiterrorista "Sentinela", depois de ter proibido os manifestantes de se reunirem nos Campos Elísios, onde no último fim de semana dezenas de lojas foram destruídas e algumas completamente pilhadas.

Além da presença …

Motoristas se deparam com míssil nuclear poderosíssimo no trânsito em Moscou (VÍDEO)

Um complexo de míssil estratégico Yars foi visto hoje (26) em engarrafamento na rodovia, que circula toda a capital russa, dividindo a estrada com carros comuns.


Sputnik

Nas redes sociais surgiram fotos e vídeo do complexo nas estradas de Moscou que mostram o equipamento militar sem conseguir ir mais rápido devido ao trânsito.


A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre
Reprodução

Segundo mídia local, o equipamento está se dirigindo da região de Ivanovo para a vila de Alabino, localizada perto da capital russa, para se preparar para a Parada Militar, que acontecerá no dia 9 de maio na Praça Vermelha.

A complexo percorreu três regiões russas, se locomovendo 400 quilômetros, declarou o Ministério da Defesa da Rússia, segundo mídia.

Os mísseis balísticos intercontinentais Yars, com alcance de 12 mil quilômetros, equipados com ogivas separadas, dependendo da modificação, podem portar de três a seis ogivas nucleares com potência de 300 quilotons cada uma.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas