Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Parlamento grego ratifica protocolo sobre adesão da Macedônia do Norte à OTAN

O parlamento da Grécia ratificou por uma estreita margem, nesta sexta-feira, o protocolo sobre a adesão da Macedônia do Norte à Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).


Sputnik

O protocolo foi apoiado por 153 dos 300 parlamentares da assembleia legislativa, com 140 deles votando contra e apenas uma abstenção. 


Soldado romeno com bandeira da OTAN (arquivo)
© AP Photo/ Vadim Ghirda

Com a conclusão do processo de ratificação do protocolo de adesão da OTAN por todos os 29 Estados-membros da OTAN, a República da Macedônia, que foi recentemente renomeada para República da Macedônia do Norte, irá se tornar um membro de pleno direito da organização, com direito de voto em todas as decisões da aliança.

Até junho de 2018, a disputa por nomes impediu a Macedônia de buscar fazer parte tanto da OTAN como da União Europeia. Skopje e Atenas concordaram com um novo nome, a República da Macedônia do Norte. Esse acordo, no entanto, resultou em manifestações em massa em ambos os países, com pelo menos 60 mil macedônios protestando contra a mudança de nome em janeiro.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas