Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Rússia aprova crédito milionário a Cuba para compra de equipamento militar

A Rússia concederá a Cuba um crédito no valor de € 38 milhões (R$ 139 milhões) para a compra de equipamento militar.


Sputnik

O contrato correspondente já foi assinado e passou por todos os procedimentos necessários, de acordo com o diretor do Serviço Federal para a Cooperação Técnico-Militar, Dmitry Shugaev.


Tanque russo T-90S (foto de arquivo)
Tanque T-90 russo © Sputnik / Aleksei Vladykin

"O contrato de crédito foi assinado e já passou pelos procedimentos governamentais do lado russo", apontou Shugaev em entrevista ao jornal Kommersant, quando perguntado sobre o estatuto do crédito, "que deve ser utilizado para a compra de equipamento militar russo".

O chefe do serviço recordou que o acordo de colaboração técnico-militar entre a Rússia e Cuba existe desde 2006.

"Agora a colaboração está sendo realizada no âmbito do programa da assim chamada cooperação tecnológica. Esta prevê, em primeiro lugar, projetos de desenvolvimento do setor da defesa de Cuba", detalhou.

Dmitry Shugaev indicou também que a colaboração proporciona a Cuba a possibilidade de desenvolver seu complexo militar e industrial a longo prazo. Ele frisou que os recursos financeiros no âmbito do crédito serão destinados precisamente a desenvolver a colaboração tecnológica e prestar apoio tecnológico ao lado cubano.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas