Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump reconhece soberania de Israel sobre Colinas de Golã

Ao lado de Netanyahu, presidente dos EUA contradiz décadas de política externa e reconhece a soberania de Israel sobre o território, ocupado em 1967 e anexado em 1981. Síria vê ataque a sua integridade territorial.
Deutsch Welle

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu formalmente nesta segunda-feira (25/03) a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã, um território disputado com a Síria e que Israel anexou em 1981.

O governo do presidente sírio, Basahr al-Assad, respondeu de imediato e afirmou que a decisão é um ataque à soberania e à integridade territorial da Síria.

O decreto de reconhecimento foi assinado no início de um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Washington. Trump justificou a medida com as "ações agressivas" do Irã e de grupos "terroristas" contra Israel.

Netanyahu disse que se trata de um dia histórico e que Trump é o melhor amigo que Israel já teve.

Em Israel, o reconhecimento pode significar um forte i…

Rússia inicia processo de criação de armas baseadas em novos princípios físicos

A Tecnópolis Militar de Inovação em Anapa começará a trabalhar na criação de armas baseadas em novos princípios físicos e sistemas de detecção de engenhos subaquáticos, disse à Sputnik o vice-primeiro-ministro russo Yuri Borisov, que chefia a Indústria da Defesa, na quarta-feira (13).


Sputnik

Destaca-se que a Tecnópolis se focará em novos "segmentos promissores": a criação de pequenas aeronaves, armas baseadas em novos princípios físicos, plataformas militares de geoinformação, sistemas hidroacústicos para detecção de objetos e desenvolvimento de tecnologias de inteligência artificial para a indústria de defesa.


Soldado russo
Foto: Igor Zarembo

Borisov fará uma visita à Tecnópolis para participar de uma conferência sobre a cooperação entre o Ministério da Defesa da Rússia e as universidades e empresas de defesa envolvidas em pesquisas realizadas no centro de inovações tecnológicas militares de Anapa, cidade situada nas margens do mar Negro.

A ideia de criar centros militares de pesquisa científica foi proposta pela primeira vez em 2013 pelo ministro da Defesa, Sergei Shoigu, que sugeriu que inicialmente o tempo gasto por estudantes de graduação em projetos de defesa poderia contar para o serviço militar obrigatório de um ano.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas