Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Satélite teria captado 2º lançamento do programa espacial iraniano

Recentemente, o presidente iraniano, Hassan Rouhani, afirmou que dois satélites de fabricação nacional seriam lançados "nos próximos dias".


Sputnik

Vale destacar que os EUA consideram o lançamento iraniano uma violação da resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas referente ao programa nuclear iraniano.


Imagem do satélite fornecida pela DigitalGlobe mostra foguete em base de lançamento no Centro Espacial de Imam Khomeini, no Irã
Imagem do satélite fornecida pela DigitalGlobe mostra foguete em base de lançamento no Centro Espacial de Imam Khomeini, no Irã © AP PHOTO / DIGITALGLOBE, A MAXAR COMPANY

Imagens captadas por um satélite sugerem que o Irã teria tentado um segundo lançamento de seu satélite, mesmo com a desaprovação dos EUA, que acreditam que o programa espacial iraniano esteja ajudando no desenvolvimento de mísseis balísticos do país, conforme informa o The Time of Israel.

Além disso, o jornal informou que as imagens publicadas pela empresa do Colorado, DigitalGlobe, mostra um foguete no Centro Espacial de Imam Khomeini, na província de Semnan.

As imagens sugerem a utilização de um foguete Safir, ou "embaixador" durante o lançamento. Nas imagens é possível observar o foguete que parece estar sendo lançado.

Anteriormente, o Irã tentou lançar o satélite Payam, contudo, a missão falhou devido a uma falha no terceiro estágio de lançamento do foguete, não conseguindo obter o impulso necessário para chegar à órbita.

Logo após o fracasso do lançamento, Rouhani citou que o país tentaria lançar um novo satélite nos próximos meses, seguindo o seu programa espacial.

O Irã garante que os lançamentos não violam as resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas e enfatiza que isso faz parte da exploração do programa espacial do país.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas