Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump reconhece soberania de Israel sobre Colinas de Golã

Ao lado de Netanyahu, presidente dos EUA contradiz décadas de política externa e reconhece a soberania de Israel sobre o território, ocupado em 1967 e anexado em 1981. Síria vê ataque a sua integridade territorial.
Deutsch Welle

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu formalmente nesta segunda-feira (25/03) a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã, um território disputado com a Síria e que Israel anexou em 1981.

O governo do presidente sírio, Basahr al-Assad, respondeu de imediato e afirmou que a decisão é um ataque à soberania e à integridade territorial da Síria.

O decreto de reconhecimento foi assinado no início de um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Washington. Trump justificou a medida com as "ações agressivas" do Irã e de grupos "terroristas" contra Israel.

Netanyahu disse que se trata de um dia histórico e que Trump é o melhor amigo que Israel já teve.

Em Israel, o reconhecimento pode significar um forte i…

Caças stealth F-117 foram enviados secretamente ao Oriente Médio em 2017

Scramble, uma revista de aviação holandesa, relatou que quatro caças furtivos F-117 foram secretamente utilizados no Oriente Médio em 2017.


Poder Aéreo

De acordo com a reportagem da Scramble, pelo menos quatro caças furtivos F-117 
Nighthawk foram enviados para o Oriente Médio quando surgiu uma necessidade operacional da Força Aérea dos Estados Unidos.

F-117 Nighthawk | Reprodução

“Em 2017, e ainda não divulgada por nenhuma outra fonte, a Scramble recebeu informações muito confiáveis ​​de que pelo menos quatro F-117 foram desdobrados no Oriente Médio, uma vez que surgiu uma necessidade operacional da USAF em ressuscitar o furtivo F-117”, relatou a revista de aviação.

Os F-117 realizaram missões sobre a Síria e o Iraque usando Small Diameter Bombs (SDBs).

Também acrescentou que uma das aeronaves desdobradas esteve envolvida em uma emergência durante o voo e aterrissou longe de sua base temporária que provavelmente estava localizada na Arábia Saudita, nos Emirados Árabes Unidos ou no Qatar.

O primeiro caça furtivo operacional do mundo, o F-117 Nighthawk fez seu voo inaugural em 18 de junho de 1981.

Nos anos seguintes, o projeto seria mantido sob sigilo absoluto, com todo o treinamento realizado à noite, preparando o Nighthawk para sua estonteante estreia nos céus do Iraque. O Nighthawk atacaria com uma precisão notável, ajudando a levar a campanha a um final bem-sucedido em apenas 43 dias.

O Nighthawk não foi revelado ao público até 1988.

Embora aposentado em 2008, o F-117 seria a base sobre a qual os caças subseqüentes, incluindo o F-22 Raptor e o F-35 Lightning II, seriam projetados. Como foi observado durante um banquete celebrando as conquistas do avião em 2008, antes do F-117, a pergunta a ser feita era quantas aeronaves seriam necessárias para eliminar um alvo. Após o Nighthawk, a questão era quantos alvos poderiam ser neutralizados com uma única aeronave.

FONTE: Defence Blog

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas