Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump reconhece soberania de Israel sobre Colinas de Golã

Ao lado de Netanyahu, presidente dos EUA contradiz décadas de política externa e reconhece a soberania de Israel sobre o território, ocupado em 1967 e anexado em 1981. Síria vê ataque a sua integridade territorial.
Deutsch Welle

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu formalmente nesta segunda-feira (25/03) a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã, um território disputado com a Síria e que Israel anexou em 1981.

O governo do presidente sírio, Basahr al-Assad, respondeu de imediato e afirmou que a decisão é um ataque à soberania e à integridade territorial da Síria.

O decreto de reconhecimento foi assinado no início de um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Washington. Trump justificou a medida com as "ações agressivas" do Irã e de grupos "terroristas" contra Israel.

Netanyahu disse que se trata de um dia histórico e que Trump é o melhor amigo que Israel já teve.

Em Israel, o reconhecimento pode significar um forte i…

Conheça os novos submarinos nucleares que entram para a frota russa em 2019 (VÍDEO)

Ambos os submarinos são melhorias em relação aos seus projetos originais e espera-se que vários outros se juntem em serviço até 2021.


Sputnik

Dois submarinos movidos a energia nuclear — Kazan e Knyaz (Príncipe) Vladimir — vão se juntar à Marinha Russa antes do final do ano, confirmou o ministro russo da Defesa, Sergei Shoigu. A Embaixada da Rússia nos Estados Unidos postou um vídeo mostrando os novos integrantes da frota no Twitter.


Os submarinos "Príncipe Vladimir" e "Kazan" estão se preparando para fortalecer o poder da Federação Russa | Reprodução

Falando em uma reunião em Severodvinsk, Shoigu disse que os novos submarinos "definirão a imagem futura da marinha submarina [russa]; permitirão aumentar o potencial defensivo e fortalecer as posições da Rússia no Oceano Mundial".


Reprodução

A construção do Kazan começou há dez anos, em 2009. O submarino foi lançado em 2017 e passa por testes desde então. Já a construção do Knyaz Vladimir começou em 2012 e o submarino também foi lançado em 2017.

Ambos os submarinos são versões modernizadas de seus projetos — 885 e 955, respectivamente. Até agora, há apenas um modelo operacional do projeto 885, o K-560 Severodvinsk. Existem três submarinos do projeto 955 em serviço.

Enquanto Kazan está armado com mísseis de cruzeiro Kalibr e Oniks, o Knyaz Vladimir carrega mísseis nucleares RSM-56 Bulava, também conhecidos como SS-NX-30 sob a designação da OTAN.

Cinco outros modelos do Projeto 885 e mais quatro submarinos do Projeto 955 deverão se juntar à Marinha até 2021.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas