Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Ernesto Araújo diz que se militares russos estão na Venezuela para manter Maduro no poder, deveriam deixar o país

'Qualquer coisa que contribua para a continuação do sofrimento do povo venezuelano deve ser removida', disse o chanceler brasileiro. Aviões com agentes que a Rússia diz serem 'especialistas' chegaram no sábado a Caracas.


Reuters

Os militares russos enviados à Venezuela deveriam deixar o país se o seu propósito for o de manter o governo de Nicolás Maduro no poder, disse o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, nesta quinta-feira (28).

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, durante reunião em comissão na Câmara — Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados
O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, durante reunião em comissão na Câmara — Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

Em entrevista à Reuters, Araújo disse que espera que a Rússia reconheça que apoiar o presidente Maduro apenas aprofundará o colapso da economia e sociedade venezuelanas, e que o único modo de sair da crise é realizar eleições sob um governo interino liderado pelo líder da oposição Juan Guaidó.

"Se a ideia deles é manter Maduro no poder por mais tempo, isso significa mais pessoas passando fome e fugindo do país, mais tragédia humana na Venezuela", disse o ministro.

"Qualquer coisa que contribua para a continuação do sofrimento do povo venezuelano deve ser removida", afirmou, em entrevista por telefone.

Na quarta-feira (27), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu que a Rússia retire seus militares da Venezuela e disse que "todas as opções" estão em aberto para que isso ocorra.

O presidente Jair Bolsonaro, que se uniu a uma frente liderada pelos EUA para levar ajuda humanitária até a Venezuela, já disse que as Forças Armadas brasileiras não têm intenção de intervir militarmente no país vizinho.

A chegada, no sábado, de dois aviões da Força Aérea russa a Caracas transportando, acredita-se, cerca de 100 membros das forças especiais russas e equipes de cibersegurança, escalaram a crise política na Venezuela. A Rússia disse nesta quinta que se tratam de "especialistas" enviados à Venezuela sob um acordo de cooperação militar e que ficariam lá.

Araújo disse que o Brasil gostaria de discutir a crise venezuelana bilateralmente com a Rússia e a China, suas parceiras no Brics, para convencê-las de que uma transição diplomática no país produtor de petróleo pode ser também de seu interesse.

Impressora Multifuncional HP Deskjet Ink Advantage - 2676 Jato de Tinta Wi-Fi Colorida USB

Impressora Multifuncional HP Deskjet Ink Advantage - 2676 Jato de Tinta Wi-Fi Colorida USB

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas