Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump reconhece soberania de Israel sobre Colinas de Golã

Ao lado de Netanyahu, presidente dos EUA contradiz décadas de política externa e reconhece a soberania de Israel sobre o território, ocupado em 1967 e anexado em 1981. Síria vê ataque a sua integridade territorial.
Deutsch Welle

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu formalmente nesta segunda-feira (25/03) a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã, um território disputado com a Síria e que Israel anexou em 1981.

O governo do presidente sírio, Basahr al-Assad, respondeu de imediato e afirmou que a decisão é um ataque à soberania e à integridade territorial da Síria.

O decreto de reconhecimento foi assinado no início de um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Washington. Trump justificou a medida com as "ações agressivas" do Irã e de grupos "terroristas" contra Israel.

Netanyahu disse que se trata de um dia histórico e que Trump é o melhor amigo que Israel já teve.

Em Israel, o reconhecimento pode significar um forte i…

EUA estão treinando implementação de sistema antimísseis em Israel

As tropas dos EUA estão realizando exercícios em Israel, praticando o rápido desdobramento no território israelense do sistema de mísseis antibalísticos THAAD, informou o serviço de imprensa do Exército israelense.


Sputnik

Os militares destacam que a transferência para o país de um dos sistemas defesa antimísseis mais avançados que estão em serviço nos EUA não está relacionada a "nenhum evento atual específico".


Sistema de mísseis antibalísticos THAAD
Sistema de mísseis antibalísticos THAAD © Foto : US Missile Defense Agency

"O Comando Europeu dos EUA (EUCOM) está atualmente realizando exercícios de instalação do sistema de defesa antimísseis THAAD em Israel para cumprimento do conceito operacional conjunto. O objetivo […] é testar a rápida instalação de sistemas integrados em todo o mundo", diz o comunicado de imprensa.

Israel expressou sua gratidão aos colegas norte-americanos pelos exercícios e caracterizaram as manobras como uma oportunidade para treinar mais uma vez a integração dos sistemas de defesa antiaérea dos EUA na sua própria defesa antimíssil escalonada.

"As Forças Armadas de Israel veem neste desdobramento uma oportunidade para trabalhar a integração de sistemas avançados de defesa antiaérea americanos com os sistemas antiaéreos israelenses. O sistema THAAD reforça o potencial de Israel para combater mísseis balísticos de longo alcance e é considerado um dos mais avançados do mundo", afirma o comunicado.

Os exercícios americanos foram bem recebidos pelo primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. "A implantação do […] sistema de defesa antimísseis dos EUA é mais uma prova do compromisso dos Estados Unidos com a segurança de Israel", disse Netanyahu, postando um vídeo de sua declaração no Youtube.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas