Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Fonte: Visita de equipe militar russa a Caracas não está vinculada a ameaça de intervenção

"A visita de militares russos à Venezuela não está de forma alguma ligada às declarações dos Estados Unidos sobre possíveis intervenções na Venezuela", disse uma fonte diplomática em Caracas à Sputnik nesta segunda-feira.


Sputnik

Aviões com tropas militares russas chegaram a Caracas no sábado. A imprensa especulou sobre possível apoio da Rússia em caso de intervenção militar no país, mas, de acordo com fonte diplomática ouvida pela Sputnik, a visita está ligada a assinatura de contratos na área de defesa.

Resultado de imagem para aviões russos na venezuela
Dois aviões russos chegam à Venezuela com uma centena de militares | El País

"Não, essas coisas não estão de forma alguma conectadas. Essa visita é sobre a discussão de contratos que foram concluídos muito antes da crise na Venezuela", disse a fonte, quando questionada sobre potencial apoio militar a Maduro.

A fonte disse ainda que a Rússia e a Venezuela não assinaram contratos para o fornecimento de sistemas de mísseis de defesa aérea S-300 para Caracas recentemente. Os sistemas foram entregues à Venezuela em 2013.

Segundo outra fonte ouvida pela Sputnik, a equipe russa planeja discutir questões relativas à indústria de defesa com homólogos venezuelanos. Após a chegada dos funcionários do Ministério da Defesa da Rússia em Caracas, a imprensa internacional reportou que a Venezuela havia implantado os sistemas S-300.

Aviao F-16D Fighting Falcon - HOBBYBOSS

Aviao F-16D Fighting Falcon - HOBBYBOSS

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas