Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Geórgia se tornará membro da OTAN, diz Soltenberg

O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, reiterou na segunda-feira o compromisso de conceder à Geórgia, ex-república soviética, a eventual adesão ao bloco, apesar da feroz oposição de Moscou.


Forças Terrestres

Stoltenberg estava na capital da Geórgia, Tbilisi, para participar dos exercícios militares conjuntos de 12 dias da OTAN e da Geórgia, que começaram na semana passada.


“Os 29 aliados afirmaram claramente que a Geórgia se tornará membro da OTAN”, disse Stoltenberg em coletiva de imprensa ao lado do primeiro-ministro do país, Mamuka Bakhtadze.

“Continuaremos trabalhando juntos para nos prepararmos para a adesão da Geórgia à Otan”.

Numa aparente referência à Rússia, ele disse que nenhum país tinha o direito de influenciar a política de portas abertas da OTAN.

“Não estamos aceitando que a Rússia – ou qualquer outra potência – possa decidir o que os membros da OTAN podem fazer”, disse ele.

Em uma cúpula de 2008 na Romênia, líderes da OTAN disseram que a Geórgia se uniria ao bloco em uma data futura não especificada, mas até agora se recusou a colocar o país em um caminho formal para a adesão.

A perspectiva de a Geórgia se juntar à OTAN é vista pelo Kremlin como uma incursão ocidental na sua tradicional esfera de influência.

Bakhtadze disse, por sua vez, que Moscou não tem o direito de impedir que um país soberano escolha “seus arranjos de segurança”.

“A filiação à OTAN é a escolha do povo georgiano e está consagrada em nossa constituição”, disse ele.

Realizados no Centro Conjunto de Treinamento e Avaliação Krtsanisi Geórgia-OTAN, nos arredores de Tbilisi, os exercícios conjuntos envolvem 350 soldados dos EUA, Grã-Bretanha, França, Alemanha e outras 17 nações aliadas, além do Azerbaijão, Finlândia e Suécia.

As tensões entre Tbilisi e Moscou sobre a trajetória pró-ocidental da Geórgia e o controle das regiões separatistas da nação do Mar Negro levaram a uma breve mas sangrenta guerra em 2008.

Durante o conflito sobre as regiões separatistas da Ossétia do Sul e da Abkházia, apoiadas por Moscou, a Rússia derrotou as pequenas forças militares da Geórgia em apenas cinco dias e reconheceu a independência dos territórios separatistas.

Moscou então estacionou bases militares no que o Ocidente e Tbilisi denunciaram como “ocupação militar ilegal”.

No ano passado, o primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, disse que a eventual entrada da Geórgia na Otan “poderia provocar um terrível conflito”.

FONTE: Daily Sabah

Depurador de Ar Philco Slim PDR60I - 59011001 3 Velocidades

Depurador de Ar Philco Slim PDR60I - 59011001 3 Velocidades 110V

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas