Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares revelam como suas vidas foram destruídas pelo Exército dos EUA

O Twitter oficial do Exército dos EUA realizou uma pesquisa para averiguar como o serviço impactou a vida de seus militares.
Sputnik

Atualmente, mais de 9.000 pessoas já compartilharam suas opiniões. Apesar de constatarem que o serviço no Exército fortalece fisicamente e emocionalmente as pessoas, dando algum sentido às suas vidas e abrindo perspectivas profissionais, há muitos outros comentários com declarações céticas e críticas sobre a influência do Exército dos EUA no mundo, no país e na sua vida pessoal.

Várias pessoas compartilharam histórias de seus familiares que cometeram suicídio, sofreram de transtorno por estresse pós-traumático, passaram por mudanças radicais de caráter e comportamento ou deixaram de ser saudáveis depois de participarem em ações militares dos EUA.

Além disso, há aqueles cujos familiares ou eles próprios foram abusados durante o serviço.

Outros usuários recordaram que os horrores da guerra deixam cicatrizes na mente.

Diversos outros usuários da rede social compa…

Intercepção de eventuais foguetes é registrada no céu de Tel Aviv (VÍDEO)

O vídeo da eventual intercepção de dois foguetes lançados contra a cidade israelense de Tel Aviv foi publicado no YouTube.


Sputnik

Na gravação dá para ver dois objetos se movendo muito rapidamente com aparência de bolas de fogo no céu noturno de Tel Aviv.


Iron Dome | Menahem Kahana/AFP

Segundo a mídia israelense, os dois foguetes foram disparados da Faixa de Gaza e estavam se movendo para o centro da metrópole.

É a primeira vez que este tipo de incidente acontece desde 2014.

Autoridades israelenses responsabilizaram Hamas, movimento islamita que controla a Faixa de Gaza, pelo lançamento de foguetes, mas a informações ainda não foi confirmada. Um membro do Hamas afirmou ao jornal The Times of Israel que "não há nenhum interesse na escalada de conflito".

Segundo o jornal israelense Haaretz, o Exército de Israel considera que os foguetes tenham sido lançados por erro cometido durante trabalhos de manutenção.

Israel chegou a acionar sistema de defesa antiaérea, e até mesmo declarou ter atacado uns 100 alvos por toda a Faixa de Gaza.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas